Vamos Falar sobre Freud?

O que você vê aqui é a norma sendo redefinida ao longo de todo o século e o que era ser um pecado, agora é uma virtude. Por exemplo, a homossexualidade.

O que era pra ser uma aberração é agora normal, e o que era pra ser normal, isto é, a repulsa a homossexualidade, agora é um crime de pensamento sob o regime do politicamente correto. Isso é a essência do politicamente correto. a essência do que aconteceu ao longo do século 20. A norma foi redefinida no contrário dela. O erro é binário. O erro é proibição. Nunca haverá um mundo sem normas. O que você tem aqui é Umvertung der Werte, a transvalorização dos valores, onde o que é bom agora é mau. O que é bom agora é perverso. Isto aconteceu no reino da psicologia grandemente através do esforço de pessoas como Freud. Você vê isto como um meio de subversão cultural. Freud se tornou o veículo para a subversão cultural.

A IDEIA DA NEORREAÇÃO

O ‘neo-‘ da neorreação é mais do que apenas um marcador cronológico, contudo. Ele introduz uma ideia distintiva, ou tópico abstrato: aquele de uma catraca degenerativa.

O impulso de recuar de algo já é reacionário, mas é a combinação de um crítica do progresso com um reconhecimento de que a simples reversão é impossível que inicia a neorreação.

Minha Honra chama-se Lealdade – A Vida de Johannes Hendrik Feldmeijer