Se Você Não está Rindo, está Aprendendo

Um homem sábio disse uma vez: “se você não está rindo, está aprendendo”.Basicamente, aqueles que podem se relacionar e simpatizar com algo ou alguém rirão porque entendem, porque se compadecem e se veem no humor, porque veem a verdade na comédia. Eles aprenderam sobre a verdade que está sendo transmitida no passado e agora podem rir disso.Ao contrário do que nossa moderna “#cancelculture” nos faz acreditar – ou seja, que todo riso é ironicamente ou fundamentalmente irônico, mesquinho e opera com fórmulas e conceitos sociais como bullying, “punching down” ou “punching up”. – o humor funciona predominantemente como uma força unificadora e conciliatória.

COMUNHAO EM DIAS DE Isolamento – ₦ł₦ⱧØS ĐɆ ɆӾ₵ⱠɄ₴ãØ

Fascismo PaleoLibertário Parte 2° – Liberdade Individual

Já que a liberdade de expressão já não é direito natural nas democracias, devido a subversão psicólogica marxista-freudianoa, então é certamente melhor que as formas mais degeneradas, culturais, marxistas e esquerdistas sejam proibidas do que aquelas que promovem valores ocidentais tradicionais, institucionais e outros conceitos de direita

Zeitgeist – O Deus Ateísta que Falhou

O que, exatamente é essa coisa de Zeitgeist?uma linhagem abstrusa de filosofia idealista adoradora do estado – fazendo referência explícita a uma concepção de tempo histórico que não tem qualquer conexão discernível com o processo de evolução naturalista?

GAYZISMO – O ANORMAL É NORMAL E NORMAL É ANORMAL

Dois meses após a brutalidade da revolução bolchevique o governo soviético já havia abolido todas as leis contrárias à homossexualidade. Essa reforma foi parte importante da legislação social dos bolcheviques, desenvolvida seguindo , e até mais antigas, perpetuadas pelo capitalismo em defesa de seus próprios interesses.

FAMÍLIA PATRIARCAL É O CARALHO

O termo família patriarcal foi utilizado falaciosamente nos primeiros anos da segunda onda feminista para se referir à família de modo geral, a qual, desde sua origem, consistia em um pai a cuja autoridade estavam sujeitos sua(s) esposa(s) e seus filhos. E continua a nos assombrar no feminismo 4.0

Não Há Solução Política