A sórdida e depravada hipocrisia progressista

Sejamos francos e sinceros, quando o assunto é hipocrisia, absolutamente ninguém ganha da esquerda. A esquerda — além de ser absolutamente repulsiva e degradante na questão moral — é simplesmente a coisa mais hipócrita que existe. Como movimento político, não passa de um grupo de militantes mimados, arrogantes e prepotentes, que resmungam constantemente contra a burguesia, mas veneram, idolatram e bajulam políticos absurdamente ricos. É fundamental entender que a esquerda se opõe apenas aos ricos da iniciativa privada, mas tem verdadeira adoração pelos ricos do estado.

Anúncios

Um Breve Histórico Sobre Marxismo Cultural

Grande parte dos protestos sobre o marxismo cultural é ultrajante, desinformado e conspiratório. Algumas pessoas simplificam, ignoram ou minimizam as fissuras e tensões entre grupos e ideias de esquerda. O marxismo cultural não pode ser reduzido, por exemplo, a uma mera estrutura “politicamente correta” ou “política de identidade”.

No entanto, o marxismo permeia a teoria, apesar da competição entre as várias ideias sob esse rótulo amplo. Às vezes, esse marxismo é auto-evidente; outras vezes, é residual e implícito. De qualquer forma, alcançou um caráter distinto, mas em evolução, quando os estudiosos da literatura reformularam o marxismo clássico para explicar a relação entre literatura, cultura, classe, poder e discurso.

Ou você é homem ou militante progressista — Não dá para ser os dois

A geração floquinho de neve literalmente se ofende por qualquer coisa. Quando os militantes se sentem feridos ou contrariados, lá vão eles espernear e resmungar nas redes sociais. Enquanto o mundo não se transformar naquela “maravilhosa” e “radiante” utopia igualitária — que não passa de um vulgar artifício debaixo do qual a militância tenta ocultar Continue Lendo

O progressismo compreendido como um transtorno psiquiátrico

A prepotência e a arrogância de pensarem que estão sempre certos é uma das características mais latentes de militantes progressistas. Eles nunca expressam humildade, brandura, cordialidade, racionalidade ou qualquer tipo de qualidade. Virtudes como autocontrole e autodomínio, então, estão absolutamente fora de cogitação

Militantes progressistas — Os playboys inúteis e mimados da aristocracia

Em qualquer lugar, o discurso socialista é igual. Socialistas discursam avidamente contra o capitalismo, mas todos sabemos muito bem que — em grande medida —, tratam-se de palavras vazias, pronunciadas por pessoas destituídas de conteúdo, princípios e valores coesos, que não possuem conhecimento algum sobre as complexidades e as ingerências da realidade. Por isso, são pessoas que não raro apontam soluções simplórias para problemas complexos, julgando que “boas intenções” são suficientes para se fazer um mundo melhor.

É fundamental lutar contra a cultura do homem afeminado e hipersensível

O processo de efeminização do homem — a denúncia da “masculinidade tóxica” como um suposto perigo contra o qual todos nós devemos lutar —, tem suas origens em um sistema de engenharia social, que pretende tornar o homem uma criatura efetivamente dócil e submissa, com o claro objetivo de dilacerar sua resistência contra o sistema. Continue Lendo

ČŔÚŚĤ ŤĤĔ ÁŃŤĨŦÁŚČĨŚŤ МŐß – Hans-Hermann Hoppe

Não caia no conto de fadas Neocon que exalta a Polícia Militar à templários que em altiva coragem e honra sacrificam sua vida em uma missão messiânica de proteger a populis.
Não passam de agentes da Catedral (sic.Molguld) que se possuíssem um fio de legitimidade, no mínimo poderiam demissão.

Zeitgeist – O Deus Ateísta que Falhou

O que, exatamente é essa coisa de Zeitgeist?uma linhagem abstrusa de filosofia idealista adoradora do estado – fazendo referência explícita a uma concepção de tempo histórico que não tem qualquer conexão discernível com o processo de evolução naturalista?

GAYZISMO – O ANORMAL É NORMAL E NORMAL É ANORMAL

Dois meses após a brutalidade da revolução bolchevique o governo soviético já havia abolido todas as leis contrárias à homossexualidade. Essa reforma foi parte importante da legislação social dos bolcheviques, desenvolvida seguindo , e até mais antigas, perpetuadas pelo capitalismo em defesa de seus próprios interesses.