Vamos Falar sobre Freud?

O que você vê aqui é a norma sendo redefinida ao longo de todo o século e o que era ser um pecado, agora é uma virtude. Por exemplo, a homossexualidade.

O que era pra ser uma aberração é agora normal, e o que era pra ser normal, isto é, a repulsa a homossexualidade, agora é um crime de pensamento sob o regime do politicamente correto. Isso é a essência do politicamente correto. a essência do que aconteceu ao longo do século 20. A norma foi redefinida no contrário dela. O erro é binário. O erro é proibição. Nunca haverá um mundo sem normas. O que você tem aqui é Umvertung der Werte, a transvalorização dos valores, onde o que é bom agora é mau. O que é bom agora é perverso. Isto aconteceu no reino da psicologia grandemente através do esforço de pessoas como Freud. Você vê isto como um meio de subversão cultural. Freud se tornou o veículo para a subversão cultural.

A IDEIA DA NEORREAÇÃO

O ‘neo-‘ da neorreação é mais do que apenas um marcador cronológico, contudo. Ele introduz uma ideia distintiva, ou tópico abstrato: aquele de uma catraca degenerativa.

O impulso de recuar de algo já é reacionário, mas é a combinação de um crítica do progresso com um reconhecimento de que a simples reversão é impossível que inicia a neorreação.

Se Você Não está Rindo, está Aprendendo

Um homem sábio disse uma vez: “se você não está rindo, está aprendendo”.Basicamente, aqueles que podem se relacionar e simpatizar com algo ou alguém rirão porque entendem, porque se compadecem e se veem no humor, porque veem a verdade na comédia. Eles aprenderam sobre a verdade que está sendo transmitida no passado e agora podem rir disso.Ao contrário do que nossa moderna “#cancelculture” nos faz acreditar – ou seja, que todo riso é ironicamente ou fundamentalmente irônico, mesquinho e opera com fórmulas e conceitos sociais como bullying, “punching down” ou “punching up”. – o humor funciona predominantemente como uma força unificadora e conciliatória.

UM ODE AO ÓDIO

A sórdida e depravada hipocrisia progressista

Sejamos francos e sinceros, quando o assunto é hipocrisia, absolutamente ninguém ganha da esquerda. A esquerda — além de ser absolutamente repulsiva e degradante na questão moral — é simplesmente a coisa mais hipócrita que existe. Como movimento político, não passa de um grupo de militantes mimados, arrogantes e prepotentes, que resmungam constantemente contra a burguesia, mas veneram, idolatram e bajulam políticos absurdamente ricos. É fundamental entender que a esquerda se opõe apenas aos ricos da iniciativa privada, mas tem verdadeira adoração pelos ricos do estado.

Why Leftists are Genocidal Totalitarian Maniacs

The Left is simply one of the most disgusting and degrading things that ever existed in human history, its adherents are people so disgusting, detestable and despicable that simply tolerating them is practically impossible. Left-wingers want to attack you, indoctrinate your children, separate and destroy the traditional family, and their ultimate goals always seek the constitution of a totalitarian government that prevents people from reacting against their tyrannical, depraved and evil genocidal projects.

Todas as Guerras são Guerras de Banqueiros

Jamais seríamos apologéticos de países como Irã, uma teocracia islâmica, ou Coreia do Norte, uma ditadura marxista-leninista, mas é necessário entender porque os Estados Unidos implica tanto com esses países. E não é porque são regimes autoritários.

Um Breve Histórico Sobre Marxismo Cultural

Grande parte dos protestos sobre o marxismo cultural é ultrajante, desinformado e conspiratório. Algumas pessoas simplificam, ignoram ou minimizam as fissuras e tensões entre grupos e ideias de esquerda. O marxismo cultural não pode ser reduzido, por exemplo, a uma mera estrutura “politicamente correta” ou “política de identidade”.

No entanto, o marxismo permeia a teoria, apesar da competição entre as várias ideias sob esse rótulo amplo. Às vezes, esse marxismo é auto-evidente; outras vezes, é residual e implícito. De qualquer forma, alcançou um caráter distinto, mas em evolução, quando os estudiosos da literatura reformularam o marxismo clássico para explicar a relação entre literatura, cultura, classe, poder e discurso.

Fascismo PaleoLibertário – CONCLUSÃO 👌O

Neste ponto, deve ficar claro por que um movimento em direção ao fascismo a partir de nossa posição atual seria um movimento em direção à liberdade. Assim fascistas e libertários não devem ser avessos a buscar uma aliança. Isso está perfeitamente bem. Os governos fascistas têm um respeito relativamente saudável pela propriedade privada e pela livre iniciativa. Eles se opõem ao Banco Central. Eles promovem valores e instituições ocidentais tradicionais. Naturalmente, o aspecto mais satisfatório do fascismo é sua capacidade de destruir impiedosamente a ameaça comunista.