• se você não está rindo, está aprendendo
    Um homem sábio disse uma vez: “se você não está rindo, está aprendendo”.Basicamente, aqueles que podem se relacionar e simpatizar com algo ou alguém rirão porque entendem, porque se compadecem e se veem no humor, porque veem a verdade na comédia. Eles aprenderam sobre a verdade que está sendo transmitida no passado e agora podem rir disso.Ao contrário do que nossa moderna “#cancelculture” nos faz acreditar – ou seja, que todo riso é ironicamente ou fundamentalmente irônico, mesquinho e opera com fórmulas e conceitos sociais como bullying, “punching down” ou “punching up”. – o humor funciona predominantemente como uma força unificadora e conciliatória.
  • UM ODE AO ÓDIO
    O ÓDIO É BOM
  • A sórdida e depravada hipocrisia progressista
    Sejamos francos e sinceros, quando o assunto é hipocrisia, absolutamente ninguém ganha da esquerda. A esquerda — além de ser absolutamente repulsiva e degradante na questão moral — é simplesmente a coisa mais hipócrita que existe. Como movimento político, não passa de um grupo de militantes mimados, arrogantes e prepotentes, que resmungam constantemente contra a burguesia, mas veneram, idolatram e bajulam políticos absurdamente ricos. É fundamental entender que a esquerda se opõe apenas aos ricos da iniciativa privada, mas tem verdadeira adoração pelos ricos do estado.
  • Why Leftists are Genocidal Totalitarian Maniacs
    The Left is simply one of the most disgusting and degrading things that ever existed in human history, its adherents are people so disgusting, detestable and despicable that simply tolerating them is practically impossible. Left-wingers want to attack you, indoctrinate your children, separate and destroy the traditional family, and their ultimate goals always seek the constitution of a totalitarian government that prevents people from reacting against their tyrannical, depraved and evil genocidal projects.
  • Todas as Guerras são Guerras de Banqueiros
    Jamais seríamos apologéticos de países como Irã, uma teocracia islâmica, ou Coreia do Norte, uma ditadura marxista-leninista, mas é necessário entender porque os Estados Unidos implica tanto com esses países. E não é porque são regimes autoritários.
  • Um Breve Histórico Sobre Marxismo Cultural
    Grande parte dos protestos sobre o marxismo cultural é ultrajante, desinformado e conspiratório. Algumas pessoas simplificam, ignoram ou minimizam as fissuras e tensões entre grupos e ideias de esquerda. O marxismo cultural não pode ser reduzido, por exemplo, a uma mera estrutura “politicamente correta” ou “política de identidade”. No entanto, o marxismo permeia a teoria, apesar da competição entre as várias ideias sob esse rótulo amplo. Às vezes, esse marxismo é auto-evidente; outras vezes, é residual e implícito. De qualquer forma, alcançou um caráter distinto, mas em evolução, quando os estudiosos da literatura reformularam o marxismo clássico para explicar a relação entre literatura, cultura, classe, poder e discurso.
  • Fascismo PaleoLibertário – CONCLUSÃO 👌O
    Neste ponto, deve ficar claro por que um movimento em direção ao fascismo a partir de nossa posição atual seria um movimento em direção à liberdade. Assim fascistas e libertários não devem ser avessos a buscar uma aliança. Isso está perfeitamente bem. Os governos fascistas têm um respeito relativamente saudável pela propriedade privada e pela livre iniciativa. Eles se opõem ao Banco Central. Eles promovem valores e instituições ocidentais tradicionais. Naturalmente, o aspecto mais satisfatório do fascismo é sua capacidade de destruir impiedosamente a ameaça comunista.
  • Minha Honra chama-se Lealdade – A Vida de Johannes Hendrik Feldmeijer
    Minha Honra Chama-se Lealdade – História de um grande oficial da NSB, apresentando sua carreira militar e um glimpse realístico da vida dentro da organização.
  • Ou você é homem ou militante progressista — Não dá para ser os dois
    A geração floquinho de neve literalmente se ofende por qualquer coisa. Quando os militantes se sentem feridos ou contrariados, lá vão eles espernear e resmungar nas redes sociais. Enquanto o mundo não se transformar naquela “maravilhosa” e “radiante” utopia igualitária — que não passa de um vulgar artifício debaixo do qual a militância tenta ocultar toda a inveja, ressentimento, incompetência e medo que eles tem com relação a vida e o mundo real —, eles vão persistir com os seus textões nas redes sociais, que são sempre todos iguais, superficiais, sentimentais, redundantes e completamente destituídos Continue Lendo
  • Lex Talionis — A Lei da Retaliação
    Precisamos de uma política de retaliação. Tudo o que fizerem contra nós, nós vamos fazer contra eles. Agora é a hora em que precisamos ser mais ostensivamente reacionários do que nunca. Chegou o momento do homem branco, cristão, tradicionalista e conservador se libertar e lutar. A escravidão política e cultural imposta pela tirania progressista precisa ser brutalmente desmantelada, assim como a cultura da servidão e da submissão.
  • O progressismo compreendido como um transtorno psiquiátrico
    A prepotência e a arrogância de pensarem que estão sempre certos é uma das características mais latentes de militantes progressistas. Eles nunca expressam humildade, brandura, cordialidade, racionalidade ou qualquer tipo de qualidade. Virtudes como autocontrole e autodomínio, então, estão absolutamente fora de cogitação
  • Comunismo — Muita propaganda e nenhum resultado prático
    Além de milhões de mortos, o comunismo produziu uma infindável bibliografia de trabalhos teóricos inúteis — que por sua vez contribuíram para criar infindáveis legiões de idiotas úteis —, e, sem dúvida nenhuma, muita, muita, muita propaganda. A publicidade sempre foi indispensável para regimes comunistas, como uma forma de reforçar a doutrinação e a restrição de liberdades, demonstrar que o governo onipresente está em todos os lugares, e exigir que todos permaneçam, para o seu próprio bem, profundamente submissos e condicionados ao regime. Nenhum regime comunista permanece indefinidamente, e aqueles que ainda existem estão fadados Continue Lendo
  • Militantes progressistas — Os playboys inúteis e mimados da aristocracia
    Em qualquer lugar, o discurso socialista é igual. Socialistas discursam avidamente contra o capitalismo, mas todos sabemos muito bem que — em grande medida —, tratam-se de palavras vazias, pronunciadas por pessoas destituídas de conteúdo, princípios e valores coesos, que não possuem conhecimento algum sobre as complexidades e as ingerências da realidade. Por isso, são pessoas que não raro apontam soluções simplórias para problemas complexos, julgando que “boas intenções” são suficientes para se fazer um mundo melhor.
  • A ditadura socialista de Siad Barre
    Siad Barre foi ditador da Somália por vinte e dois anos, de 1969 a 1991. Nascido em outubro de 1919, Siad Barre foi ditador em uma época na qual a África estava sendo pulverizada por ditaduras comunistas, sendo contaminada pela ideologia marxista-leninista em todas as partes, o que explicaria, em boa medida, a sua situação de miséria endêmica. Um militar que teve a oportunidade de estudar e aperfeiçoar-se na União Soviética, uma vez em território soviético, Siad Barre eventualmente assimilou a doutrina marxista, tornando-se um ardoroso defensor do sistema de governo centralizado. Quando regressou ao seu Continue Lendo
  • É fundamental lutar contra a cultura do homem afeminado e hipersensível
    O processo de efeminização do homem — a denúncia da “masculinidade tóxica” como um suposto perigo contra o qual todos nós devemos lutar —, tem suas origens em um sistema de engenharia social, que pretende tornar o homem uma criatura efetivamente dócil e submissa, com o claro objetivo de dilacerar sua resistência contra o sistema. Um deplorável processo de despersonalização infecta o tecido social, com o propósito de divorciar o homem de suas atribuições naturais e de sua masculinidade intrínseca. Esse processo foi deflagrado e está em andamento porque o homem dócil e submisso torna-se Continue Lendo
  • Criminosos — Produto de exportação da Venezuela socialista bolivariana
    O socialismo traz muita miséria e desgraça, sem dúvida nenhuma. Mas o nível de degradação é tão brutal que todo governo socialista consegue se superar em matéria de horror, absurdos e degeneração, quando comparado a governos socialistas anteriores. Esse é o caso da Venezuela, que nos mostra continuamente que — quando o assunto é o socialismo e suas deploráveis consequências —, não existe “fundo do poço”; afinal, sempre existem novos níveis de degradação a serem alcançados. Já faz algum tempo que o socialismo bolivariano está exportando até mesmo bandidos. Sim, é isso mesmo, bandidos — destes que roubam, Continue Lendo
  • Augusto Pinochet foi um ditador?
    A esquerda entra em estado de histeria sempre que falamos em Augusto Pinochet, o “ditador” que tirou Salvador Allende do poder, e impediu que os socialistas destruíssem o Chile, visto que o caos já estava se instalando, em decorrência das medidas estatizantes de Allende, que já provocavam uma grande corrosão social e econômica. A ironia com relação aos militantes de esquerda é que criticam muito Augusto Pinochet, que ficou 17 anos no poder, mas nunca expressam uma única crítica sequer contra Fidel Castro, que ficou 49 anos, de 1959 a 2008. Enquanto Fidel Castro pode Continue Lendo
  • Ativista feminista propõe o fim da família tradicional
    Na sua obsessão por desmantelar a civilização ocidental, destroçar a família tradicional e “emancipar” a mulher, a esquerda não reconhece limites para a sua voracidade destrutiva, pelo fato de que — profundamente imersa em seus devaneios delirantes — pretende construir um novo mundo, mais afeito à sua ideologia depravada, subversiva e histriônica. Como consequência, as fantasias infantis da esquerda progressista ficam a cada dia mais utópicas, insanas, relativistas e degradantes, completamente incompatíveis com o pensamento, a racionalidade e o senso de responsabilidade inerentes a pessoas mentalmente sadias.
  • Defender o socialismo é defender a precariedade, a miséria e o morticínio de seres humanos (veja o vídeo)
    As tragédias que acometem a Venezuela são sintomas inerentes ao socialismo. O socialismo do Século 21, de Hugo Chávez — radical por natureza, sem nenhum respeito pela propriedade privada e pelas leis elementares de mercado —, não poderia ter outro resultado.
  • COMUNHAO EM DIAS DE Isolamento – ₦ł₦ⱧØS ĐɆ ɆӾ₵ⱠɄ₴ãØ
    Comunhão é a síntese da Fraternidade, da solidariedade, da hospitalidade. A comunhão entre as pessoas não é desejável: é imprescindível!
Anúncios